Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Início do conteúdo

Daer conclui recuperação da ERS-332, no Vale do Taquari

Publicação:

Imagem mostra rodovia ERS-332 renovada com sinalização e árvores nas laterais da pista.
Aproximadamente R$ 21,5 milhões foram investidos no trecho entre Encantado e Arvorezinha - Foto: Divulgação/Daer
Por Liana Ramos Carvalho - Ascom DAER

A comunidade do Vale do Taquari começa 2023 com uma excelente notícia: as condições de trafegabilidade da ERS-332 estão renovadas. No trecho entre Encantado e Arvorezinha, o Governo do Estado investiu aproximadamente R$ 21,5 milhões.

Executados pelo Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (Daer), vinculado à Secretaria de Logística e Transportes, os serviços de recuperação finalizados este mês começaram em junho de 2021. De acordo com o secretário Juvir Costella, as ações nos 92,01 km da estrada integram o Plano de Obras 2021-2022.

“A rodovia liga as regiões da Produção, do Alto da Serra do Botucaraí e do Vale do Taquari, servindo de rota entre diversos municípios, além de meio para o escoamento da produção local”, diz Costella. Segundo o secretário, a ERS-332 é a única ligação pavimentada com o restante do Estado de cidades como Nova Bréscia, Coqueiro Baixo, Relvado, Doutor Ricardo, Anta Gorda, Putinga, Ilópolis, Arvorezinha e Itapuca, além de Encantado, que conta com áreas de aglomeração urbana ao longo da estrada. “Em razão dessas características, as melhorias devem repercutir positivamente na economia, beneficiando os produtores, dedicados, principalmente, ao cultivo de erva-mate, nozes pecan e leite”, acrescenta.

Luciano Faustino, diretor-geral do Daer, explica que a situação do trecho foi transformada por meio de diversas ações. Em todo o segmento, houve a limpeza da estrada e roçada. Os reparos nos pontos críticos abrangeram 30 mil m2 e a reperfilagens foi executada em 55 km – sendo 13 km de Arvorezinha até a BRS-386 e 42 km de Encantado a Arvorezinha.

“Outras atividades complementares foram necessárias, como a remoção de uma barreira que atingia a pista, localizada na Serra, em Doutor Ricardo. Ainda, aprimoramos a entrada e a saída no trevo de acesso a Anta Gorda, que recebeu novas faixas para esses fins”, afirma Faustino. “Após todas essas intervenções, finalizamos o trabalho executando a sinalização horizontal provisória em 80 km, proporcionando ainda mais segurança para quem transita na região”, encerra.

Comentários

Secretaria de Logística e Transportes